quinta-feira, 20 de setembro de 2007

Guiné=O Prisioneiro

*************************

Texto publicado no "CATIÓ", de autor anónimo:

"O PRISIONEIRO
Hoje, vou contar a história do meu amigo Armando. Permiti-me que vos apresente este amigo! É alto, forte, muito sorridente, de cor negra, etnia balanta e expressa-se num português algo arrevezado mas inteligível.
Estou a vê-lo, caminhando à minha frente a corta-mato, bamboleando, desenvolto, evitando tocar os ramos com uma perícia admirável. Recordo-o progredindo, como um felino, na calada da noite, sem nunca se enganar na escolha dos trilhos. O Armando era um auxiliar precioso, uma autêntica bússola humana.
Foi como inimigos que travamos conhecimento. Apareceu-me numa picada de arma na mão, eu também, fizemos fogo simultâneamente e... ele ficou ferido. Não apertámos as mãos, mas travámos conhecimento em péssimas circunstâncias para ele que, sem um queixume, deixou o meu enfermeiro tratá-lo. Os meus homens olhavam-no com desconfiança. Ele, porém, sorria e agradecia com um "obrigado" por entre dentes.
Perguntei-lhe pelos camaradas seus, prometi não lhes fazer mal, acenei-lhe com Bissau e uma vida regalada, mas nada. Dos lábios do futuro amigo Armando não saiu uma só palavra de denúncia! Estava perante um Homem! Apesar da raiva que sentia em não poder transformar em êxito aquele prisioneiro, intimamente, admiro-o."



video

Extracto do filme

Reportagem SIC

«««««««««««««««««««««««««««««««««««««««

1 comentário:

Anónimo disse...

cell phone service seo information backlink service backlink submitter